Teaser do Novo Filme de Xavier Dolan

Tom na Fazenda, quarto filme do diretor, é um drama/thriller psicológico

Com 24 anos de idade, Xavier Dolan já conta com quatro longas-metragens em sua carreira. Desde Eu Matei Minha Mãe (2009), seu primeiro longa, Dolan vem sendo elogiado e premiado por conta de seus filmes peculiares e originais, que tratam de sexualidade, com teores pessoais e autobiográficos. Seus outros dois filmes, Amores Imaginários (2010) e Laurence Anyways (2012), assim como seu filme de estreia, foram nominados a importantes premiações e ganharam diversos prêmios em festivais como Cannes e Toronto.

Tom na Fazenda (trad. livre) também trata de sexualidade, mas, diferentemente dos três longas anteriores, não há menções pessoais na história. O filme é uma adaptação da peça homônima, do diretor teatral Michel Marc Bouchard – que dividiu com Dolan a montagem do roteiro – e conta a história de um jovem, Tom, que viaja a uma pequena cidade para ir ao funeral do namorado. Ele não imaginava que, para a família, ele seria um estranho, já que os pais e irmão de seu namorado desconheciam a relação dos dois e, pior, não faziam ideia de que o filho era homossexual.

O teaser abaixo diz pouco: Tom (Xavier Dolan) é apanhado pela pessoa da qual fugia e o que vê-se depois é uma agressão íntima e pessoal que não mostra muito sobre a relação entre o agressor e o agredido, à exceção de que é intensa.

Apesar de ter sido exibido na última Mostra do Festival de Veneza, onde ganhou o prêmio da crítica, Tom na Fazenda só deve estrear em meados de Março do próximo ano.

Amor de Pai

Sempre ouvimos a expressão ‘amor de mãe’, mas… E o amor de pai? Eles podem não ter nos esperado dentro de suas barrigas por nove meses, nos levando pra todos os cantos, com pés inchados, hormônios à flor da pele e todas essas coisas, mas eles (pelo menos uma grande parte) estavam lá do lado de nossas mães, se virando pra realizar os desejos delas, fazendo massagens, levando ao médico, fazendo dengo e tendo muuuita paciência. E tudo por quê? Porque antes mesmo de nascermos, o amor já existia e eles já se sacrificavam por nós. Amor de pai, sabe?

O amor paterno se manifesta de várias maneiras diferentes, assim como o materno. Tem aquele pai crianção, mas mesmo com toda a imaturidade ama seu filho, como Sonny (Adam Sandler em O Paizão) e Tino (Leandro Hassum Até Que a Sorte Nos Separe). Fazem um bocado de bobagem, são engraçados, agem como crianças às vezes, mas fazem tudo para proteger os seus, mesmo que pra isso façam mais bobagens.

daddy

Claro que também tem aqueles pais durões, assim como Mr. O’Brien (Brad Pitt em A Árvore da Vida), que agem como verdadeiros militares dentro de casa, exigindo postura e respostas polidas, o que às vezes é ruim, pois a agressividade acaba se tornando presente e outros sentimentos aparecem, mas isso nada mais é do que outra forma de amor.

mrobrien

Pais que se sacrificam todos os dias para tentar dar um futuro melhor ao rebento, como Chris Gardner (Will Smith em À Procura da Felicidade), que tentam ensinar aos filhos o melhor que podem, que sonhar é importante, que amar  vale uma vida toda.

happiness

“Nunca deixe alguém dizer que você não pode fazer algo.”

Tem aqueles que colocam a honra acima de tudo, mostrando aos filhos que uma vida vil, desonrada, mesmo que cheia de fortunas, não vale de nada, pelo menos não em longo prazo. Ensinam que o medo é algo que todos sentem e só os tolos não assumem; fazem tudo por suas famílias, tudo. Um nome limpo, uma alma limpa; homens que sabem cumprir seus deveres e exigir seus direitos, mesmo que isso lhes custe caro, como Lorde Eddard Stark (Sean Bean em Game of Thrones)

aryaa

Tem o pai que vence todas as barreiras pelos filhos, mesmo que isso ponha em risco sua própria vida, como Marlin de Procurando o Nemo e aquele pai que dá a vida por seu filho, como por Mufasa em O Rei Leão.

nemoo

E quem nunca passou por momentos embaraços né? Sempre tem aquele pai inconveniente que chega nas piores situações possíveis, que ligam no momento errado e a lista segue. Jim (Jason Biggs em American Pie) bem sabe como é.

piepie

Nos dias de hoje, os conhecidos “pãe” (pai + mãe) estão cada vez mais em maior número. Fazem papel de mãe, de pai; fazem a comida, dão banho, educam, ensina os paranauê… Um trabalho difícil criar um filho, mas alguns levam bem a sério isso, como Arnold Schwarzenegger em Junior (cláááaassico de sessão da tarde).

arnold

Por fim, escolhi o pai improvável, imoral, preguiçoso, comilão, fanfarrão, idiota, mas… Que no fundo, eu disse no fundo, ama seus filhos, mesmo com esse jeito fuck the kids pouco meigo. Aquele que pode ser um abestalhado, mas tem amor e cuida de quem ama. Do jeito dele, mas cuida. 

Agora corram e vão abraçar seus pais, digam o quanto vocês os amam e o quanto eles são vitais em suas vidas. Aposto que isso valerá mais do que qualquer presente que vocês possam comprar.

homer

“Oh, eu tenho três crianças e nenhum dinheiro! Por que eu não posso ter nenhuma criança e três ‘dinheiros’?”

Crianças do Cinema Que Não Queremos Nem de Graça

Olá, meu amores! Após uma estreia angelical, descerei ao inferno para mostrar que não é só de candura que vive a creche. Assim como temos coisinhas fofas que dão vontade de morder a cabeça até explodir abraçar, há também aquelas ‘crionças’ que não queremos nem sob pagamento em barras de ouro que valem mais do que dinheiro.

Elas podem ser chatas, pirracentas, maliciosas, maléficas, egoístas, mimadas ou sociopatas, a depender do que o filme nos quer passar, por isso tornam-se exemplos de crianças que queremos distância ou, parafraseando Prefeito Netinho (pesquise no Google ou Facebook), que nós seríamos capazes de ‘DAR UMA SUR-RA!!’ de cipó, vara verde e cansanção!!

Sabe aquela sensação de que uma vasectomia ou laqueadura seria uma boa ideia? Pois é esse o sentimento que nos toma ao assistir cenas protagonizadas por esses demoniozinhos anjinhos caídos.

Respeitável público, eis a lista das 10 Crianças do Cinema Que Não Queremos Nem de Graça:

10º Lugar: Kevin McCallister (Macaulay Culkin) em Home Alone (Esqueceram de Mim) – 10 anos

“Os gatos saem e os ratos fazem a festa” – isso resume o espírito bagunceiro de Kevin. Bastou ficar sozinho em casa para esse garoto desrespeitar regras, bagunçar e destruir tudo! Ter um filho que não posso confiar a casa? Necas! (https://www.youtube.com/watch?v=Zlu7S8dUUBY)

10- Kevin McCallister (Macaulay Culkin)

9º Lugar: Josué (Vinícius de Oliveira) em Central do Brasil – 13 anos

Apesar de todo o sofrimento que o povo passa, não concordo que a pobreza, fome etc. sejam justificativas para uma criança ser mal educada, inconveniente e arrogante. Cada grosseria proferida por ele dá ou não vontade de ligar o ‘foda-se’ e deixa-lo à própria sorte? Humildade é uma virtude que todos têm de ter! (https://www.youtube.com/watch?v=7Rir6j8BD8Q)

9- Josué (Vinícius de Oliveira)

8º Lugar: Peyton Kelly (Madison Pettis) em The Game Plan (Treinando o Papai) – 9 anos

Apesar da docilidade, essa garotinha ganhou um lugar na lista por ser mentirosa, dissimulada, estabanada e ter uma voz terrivelmente irritante. Que minha filha não seja assim! Por favor, Senhor! (https://www.youtube.com/watch?v=tZgA0k6lz7U)

8- Peyton Kelly (Madison Pettis)

7º Lugar: Patty Farrell (Laine MacNeil) em Diário de Um Banana (Diary of a Wimpy Kid) – 12 anos

Ao ver essa menina, só imagino quantas palmadas teria que aplicar diariamente para domesticar essa criatura. Ela é, no popular, um ‘pedaço de cavalo’! Grossa e arrogante ao extremo, além do ego lá em cima! Para completar, faz bullying com o nosso querido Gregory Heffley (http://wp.me/p3Ju6q-ae). (https://www.youtube.com/watch?v=b8nmnwD_Guk)

7- Patty Farrell (Laine MacNeil)

6º Lugar: Junior Healy (Michael Oliver) em Problem Child (O Pestinha) – 9 anos

Pense no Kevin McCallister, multiplique por 10, coloque umas pitadas de crueldade e malícia e voilá! Temos uma verdadeira peste em casa! Só não conseguiu o primeiro lugar porque acima dele tem crianças ainda mais cruéis (lê-se ‘criminosas’). (https://www.youtube.com/watch?v=6ZoH34g2aH8)

6- Junior Healy (Michael Oliver)

5º Lugar: Salim Malik (Azharuddin Mohammed Ismail) em Slumdog Millionaire (Quem Quer Ser Um Milionário?) – 10 anos

Peço desculpas pelas palavras, mas preciso soltar um grito para esse menino, toda vez que me lembro de uma cena sua: FILHO DA PUTA!! Esse piece of shit judiava do irmão mais novo, roubava, mentia, batia nas outras crianças, era dedo-duro e, por um milímetro, quase virou cúmplice de inúmeras mutilações. Ser pai de Salim é ser chamado pelos diretores da escola e do reformatório toda semana! (https://www.youtube.com/watch?v=mV912uiRM_A)

5- Salim Malik (Azharuddin Mohammed Ismail)

4º Lugar: Amir (Zekeria Ebrahimi) em The Kite Runner (O Caçador de Pipas) – 11 anos

Arrogante e prepotente, presencia o estupro do seu melhor amigo e nada faz para ajuda-lo ou punir os autores. Envergonhado, planeja uma maneira de fazer o garoto sumir de sua vida, mesmo que isso custe a honra dele. Crueldade sem limites. Certamente uma decepção para qualquer pai. (https://www.youtube.com/watch?v=jmTCbdwr-Dg)

4- Amir (Zekeria Ebrahimi)

3º Lugar: Henry Evans (Macaulay Culkin) em The Good Son (O Anjo Malvado) – 13 anos

Talvez a criança mais perigosa dessa lista por agir silenciosamente de maneira altamente dissimulada. Sempre agindo de forma fria e calculista, esse pequeno sociopata pretende matar a sua família. Uma verdadeira bomba-relógio dentro de casa. (https://www.youtube.com/watch?v=9N_aUm97hj8)

3- Henry Evans (Macaulay Culkin)

2º Lugar: Pixote (Fernando Ramos da Silva) em Pixote, A Lei do Mais Fraco – 13 anos

Com tão pouca idade já tinha várias passagens pela Febem e também já se tornara, além de ladrão, traficante, cafetão e assassino. Dando aula para qualquer Beira-Mar, esse moleque chocou a sociedade quando foi exibido nos cinemas brasileiros, no início da década de 80. Apesar de, às vezes, demonstrar que era apenas uma criança, impossível confiar e levar pra casa. (https://www.youtube.com/watch?v=_bz1DB6gSxQ)

2- Pixote (Fernando Ramos da Silva)

1º Lugar: Dadinho (Douglas Silva) em Cidade de Deus – 12 anos

O nosso campeão precisou de apenas uma proeza para ganhar o título! Ele apenas iniciou a vida criminosa cometendo uma chacina, onde executou, a sangue frio, todas as pessoas que estavam em um motel. Ah! A função dele era de vigia, mas ele achou mais interessante ‘dar uns tecos’. E aí? Quer ter um filho assim? (https://www.youtube.com/watch?v=hFiS4RrEe-A)

1- Dadinho (Douglas Silva)

Ass.: Pierre ‘Zé Pequeno’ Cardoso

Crianças do Cinema Que Gostaríamos de Adotar

Olá, queridíssimos! Sou Pierre Cardoso, novo colaborador do Le Cine Clube. Já tem um tempinho que fui convidado para fazer parte da trupe, mas só agora eu decidi escrever. Acho que toda primeira vez tem de ser especial, por isso demorei a fazer minha estreia.

O que escrever? O que seria a estreia de um membro novo? Um recomeço? Uma nova esperança? Uma deliciosa novidade? Ou apenas o continuísmo?

Fazendo-me estas perguntas, decidi falar sobre algo que melhor representa o novo: playstation crianças. Assim, meu primeiro post terá um tom angelical: Crianças do Cinema Que Gostaríamos de Roubar Adotar.

São muitas as crianças fofas e adoráveis que vemos nos filmes. Uma coisa mais fofa e gostosa que a outra, que dá vontade de apertar até explodir, seja por sua carinha de anjo ou sua feiura de dar dó, seja pelo seu jeito meigo ou até mesmo pela sua hiperatividade. O que importa é que são muitas as personagens infantis que nos conquistam e nos fazem sair da sala de cinema pensando “Poxa! Quero que meu(a) filho(a) seja assim…”. Portanto, inicio meu TOP 10 das crianças mais fofas das telonas:

10º Lugar: Robby Swersey (Brandon Ratcliff) em Me And You And Everyone We Know – 7 anos

Porque ele é fofo, ingênuo e muito mais inteligente que seu irmão mais velho!! Robby Swersey é um garotinho quieto e tranquilo, mas muito esperto! Simpático, faz amizade facilmente com todos e é o principal companheiro do seu irmão, que, por incrível que pareça, aprende com ele como se conquistar uma garota na internet (https://www.youtube.com/watch?v=XB_9UJex4hE).

 10- Robby Swersey (Brandon Ratcliff)

 9º Lugar: Huckleberry Finn (Elijah Wood) em The Adventures of Huck Finn – 12 anos

Muitos devem questionar esse nome na lista, afinal Huck Finn não era lá um garoto modelo. Indisciplinado e travesso, Huck Finn tocava terror na cidade onde morava, porém a sua coragem, sua lealdade e suas aventuras o colocaram na lista. Porque filho ideal não é aquele que só tira 10 na escola; é aquele que faz você se orgulhar de ser pai, assim como Huckleberry Finn fez (https://www.youtube.com/watch?v=P5A-qvevoSA).

9- Huckleberry Finn (Elijah Wood)

8º Lugar: Gregory Heffley (Zachary Gordon) em Diary of a Wimpy Kid – 12 anos

Quem não quer ser pai de um garoto banana, no bom sentido? Greg é um garoto super criativo, atrapalhado e sonhador, e é justamente essa mistura que encanta a todos. Para mim, o pai de Greg está perdendo anos maravilhosos de sua vida, ao deixar esse garoto com a imaginação tão fértil crescer sem estar ao seu lado (https://www.youtube.com/watch?v=R2VHWdec4h8).

 8- Gregory Heffley (Zachary Gordon)

7º Lugar: Thomas J. Sennett (Macaulay Culkin) em My Girl – 11 anos

Um garotinho apaixonante! Este pequeno encantou a todos pela sua ingenuidade. Apesar de todas as suas alergias, é uma criança que todos gostariam de ter como filho. Simpático e educado, Thomas conquistou nossos corações (https://www.youtube.com/watch?v=-JCQ87cPD30).

 7- Thomas J. Sennett (Macaulay Culkin)

6º Lugar: Lucy Diamond Dawson (Dakota Fanning) em I Am Sam – 7 anos

Essa garotinha nos ensinou, junto a seu pai, que não existem limitações para o amor! Ela nos cativou pelo seu jeito meigo e espontâneo de ser. Mesmo com um turbilhão de coisas acontecendo a sua volta, e interferindo diretamente em sua vida, ela foi capaz de mostrar como o amor de uma filha é incondicional (https://www.youtube.com/watch?v=F1TeFKeraiA).

 6- Lucy Diamond Dawson (Dakota Fanning)

5º Lugar: Amanda Lemmon & Alyssa Callaway (Mary-Kate e Ashley Olsen) em It Takes Two – 9 anos

Como as quase inseparáveis irmãs Olsen, essas duas não poderiam figurar na lista separadas. Nascidas em locais e condições totalmente diferentes, essas duas garotinhas se encontraram por acaso para uma completar a vida da outra. Enquanto Amanda é aquela criança travessa e cheia de energia, Alyssa é completamente educada e disciplinada, contudo juntas se tornam as crianças mais adoráveis do mundo; união perfeita! Certamente uma prole completa pelo preço de duas. Sorte do papai! (https://www.youtube.com/watch?v=Ml9XiAQ-J7A)

 5- Amanda Lemmon e Alyssa Callaway

4º Lugar: Vada Margaret Sultenfuss (Anna Chlumsky) em My Girl – 11 anos

Quem não se apaixonou por essa garotinha linda e espevitada? Vada conquistou corações de garotinhos e garotões com sua personalidade forte. Apesar de, provavelmente, dar muito trabalho na adolescência, certamente ela é uma daquelas garotas que todo mundo gostaria de ter como filha. E quem sofre são os pretendentes! (https://www.youtube.com/watch?v=ECVT0MymH5o).

 4- Vada Margaret Sultenfuss (Anna Chlumsky)

3º Lugar: Nicolas (Maxime Godart) em Le Petit Nicolas – 10 anos

Se pudesse decidir a personalidade do meu filho, este seria Nicolas. Esse garotinho conquista por, simplesmente, ser criança em todos os seus sonhos, medos, dúvidas  e ações. Um garoto que todos querem ter o prazer de chamar de filho (https://www.youtube.com/watch?v=VbbBOkQiyxA).

 3- Nicolas (Maxime Godart)

2º Lugar: Olive Hoover (Abigail Breslin) em Little Miss Sunshine – 10 anos

Ela não ganhou o concurso, mas conquistou nossos corações! Olive, assim como Nicolas, encanta a todos por ser, de fato, criança! Apesar do seu jeitinho meigo e sonhador, Olive mostra-se também muito guerreira e corajosa. Certamente a pessoa mais normal da sua desajustada família. Essa eu quero roubar! (https://www.youtube.com/watch?v=Dhg2GxU-qo8)

 2- Olive Hoover (Abigail Breslin)

1º Lugar: Mindy McCready (Chloë Grace Moretz) em Kick Ass – 13 anos

Porque ela é foda! Se eu fosse desconsiderar toda a ficção da coisa, ela realmente não entraria na lista e Olive ganharia de longe. Mas como não existe a possibilidade de se adotar nenhuma dessas crianças, ela entra e fica em primeiríssimo lugar! Ela é linda, corajosa, cheia de atitude e de personalidade. Se não bastasse tudo isso, ainda se transforma na Hit Girl e sai barbarizando tudo! Se fosse possível encomendar uma filha, ela seria a minha escolha! (https://www.youtube.com/watch?v=3i9-dmftZNM)

1- Mindy McCready (Chloë Grace Moretz)

Ass.: Pierre ‘Hoover’ Cardoso

Sejam Bem Vindos Aos Sete Reinos

Hoje em dia, quem não conhece Game of Thrones? Uma grande leva da sociedade está fascinada com esse novo mundo, de Westeros até Essos, bem ao sul e além da muralha. Vista praticamente como a nova Terra-Média, esses Sete Reinos + Cidades Livres tem conquistado os fãs de fantasias do mundo todo, seja por meio de seus livros ou por meio da série da HBO, o fato é que todos nós sabemos que o inverno está chegando.

Muitos reclamam sobre a enorme quantidade de personagens e aí no momento seguinte reclamam da morte de muitos personagens… Sabe, como a Cercei Lannister disse: quando você joga o jogo dos tronos, ou você ganha ou morre. Todos esses que morreram estavam ou tentando ganhar o trono de ferro ou estavam no meio do caminho de alguém que queria. Não são temas absurdos e sim muito atuais, se você olhar de perto. A busca implacável pelo poder acaba jogando sujo, assim como na história. Conseguir ver a realidade no meio de tanta fantasia, em um mundo tão diferente, é um dos principais motivos do grande sucesso desta história.

Em 1991, George R. R. Martin começou a escrever a história de fantasia épica Guerra dos Tronos. A saga terá sete volumes, sendo que atualmente já tem cinco destes livros lançados e o sexto já está sendo escrito. A história se passa em uma Europa medieval, onde ocorre ainda a vassalagem. Os suseranos são os que pertencem às casas mais importantes do reino e essas são: Stark, Lannister, Tully, Baratheon, Greyjoy, Arryn, Tyrell, Frey e Targaryen.

housess

O reino, por sucessão de nascimento, deveria ser dos Targaryen, mas devido à Rebelião de Robert Baratheon que contou com a ajuda de outras grandes casas, como Stark, Tully, Lannister e Arryn, o trono passou a ser dos Baratheon. O rei Aerys II Targaryen foi morto por um de seus guardas pessoais, Jaime Lannister, que ficou conhecido como o Regicida. Rhaegar, filho de Aerys, foi morto por Robert Baratheon na Batalha do Tridente. Aerys ainda tinha mais dois filhos, os pequenos Viserys e Daenerys, que foram levados para as cidades livres e lá foram criados.

Tudo começou porque a irmã de Eddard Stark, Lyanna Stark, fora prometida a Robert Baratheon, no entanto, diz-se que ela foi raptada por Rhaegar, de modo que Robert enfureceu-se com a perda de sua amada. O trono foi tomado por Robert, mas Lyanna nunca chegou a ser dele, pois morreu. As última palavras de Lyanna foram ditas para o irmão, Eddard e repercute o mistério até hoje “prometa-me, Ned”. Não se sabe exatamente o que fora pedido além de ter seu corpo enterrado em Winterfell, já que Ned vira e mexe pensa como foram promessas difíceis, mas inegáveis devido ao estado de Lyanna.  Robert Baratheon casou-se então com Cercei Lannister, mas nunca deixou de amar Lyanna. Com Cercei, tivera três filhos: Joffrey, Tommen e Mycella.

A história se desenvolve depois da ida de Lorde Eddard Stark para Porto Real, à pedido de Robert, para ser a Mão do Rei. Ned leva suas filhas Arya e Sansa, sendo que a última fora prometida para o filho mais velho de Robert, Príncipe Joffrey. Ned tem ainda mais quatro filhos, sendo um deles seu bastardo, que após sua ida para Porto Real, decidira viver na Muralha como um irmão juramentado, vestindo o negro. A vida na Muralha é um outro enfoque da história.

Do outro lado do mar, nas cidades livres, Viserys Targaryen casa sua irmã Daenerys com Khal Drogo, um Dothraki. Viserys casou-a com Drogo em troca de um exército, para que assim ele pudesse recuperar o Trono de Ferro, em Porto Real, de modo que esse é o terceiro ponto da história. As intrigas e inúmeras mentiras para sobreviver ao jogo dos tronos é o quarto ponto fulcral da história.

Em Ponta do Dragão, vive Lorde Stannis Baratheon, irmão de Robert, que está se envolvendo com Melisandre, uma mulher mística vinda de Asshai, do outro lado do oceano. O uso de magia e a manipulação de Melisandre focando sempre o Trono de Ferro, completa os principais pontos da saga.

As Crônicas de Fogo e Gelo (como é chamada a saga) tem então cinco pontos principais, ao norte, ao sul, no litoral e no exterior. A história é densa, repleta de mensagens subliminares, mistérios, intrigas, segredos, mentiras. Uma verdadeira história dentro da história. A Guerra dos Tronos envolve o leitor, faz com que ele se sinta dentro da história, vivendo cada momento, amando e odiando cada personagem novo que aparece. E lembrem-se: brace yourselves, ’cause winter is coming!

hbo

7 Filmes Sobre a Segunda Guerra Mundial

A História sempre esteve e estará presente no cinema, em momentos importantes ou apenas para relatar fatos. Um assunto bastante abordado é a Segunda Guerra Mundial. Diante de tantas situações ocorridas nessa época, os filmes nos ajudam a entender o que pode ter acontecido ou idealizar o que imaginávamos. Segue a lista: 

7 – A Lista de Schindler (Schindler’s List)

Imagem

 

O filme conta a história de Oskar Schindler, alemão que salvou a vida de milhares de judeus durante o Holocausto ao empregá-los em sua fábrica. Venceu 7 Oscars incluindo o de Melhor Filme e Melhor Diretor (Steven Spielberg). 

6 – O Resgate do Soldado Ryan (Saving Private Ryan)

Imagem

Ambientado durante a Batalha da Normandia, o filme começa de forma intensa. Os primeiros 27 minutos mostram o ataque costeiro na Praia de Ohama, em 1944. Depois disso, o longa mostra a busca do Capitão John H. Miller (Tom Hanks) e outros 7 homens pelo paraquedista James Francis Ryan (Matt Damon) um dos sobreviventes entre 4 irmãos militares. Venceu o Oscar de Melhor Diretor (Spielberg novamente).

5 – O Pianista ( The Pianist)

Imagem

Inspirado na autobiografia e nas memórias de Władysław Szpilman (interpretado por Adrien Brody), o filme conta a história do próprio pianista ao se ver refugiado em meio aos primeiros bombardeios da Guerra. Mostra o surgimento do Gueto de Varsóvia, quando os alemães construíram muros para cercarem os judeus em determinadas áreas, e a perseguição que levou à captura e envio da família de Szpilman para os campos de concentração. Venceu 3 Oscars, os de Melhor Diretor, Melhor Ator e Melhor Roteiro Adaptado.

4 – O Grande Ditador (The Great Dictator)

Imagem

 

Chaplin interpreta dois personagens, Adenoyd Hynkel, um ditador alemão muito parecido com Hitler e e um barbeiro judeu quase sósia do ditador. A coincidência faz os dois serem confundidos em plena campanha de Hynkel. O filme é de 1940 e começou a ser produzido antes do início da Guerra. 

3 – Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds)

Imagem

A visão de Tarantino não poderia faltar na lista. Basicamente o filme mostra dois planos para assassinar Hitler e outros líderes da Alemanha nazista. Um deles é planejado pela francesa judia proprietário de um cinema Shosanna/Emmanuelle Mimieux (Mélanie Laurent) e o outro pelo tenente Aldo Raine (Brad Pitt) e seus fiéis aliados. Christoph Waltz ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

2 – A Queda – Os Últimos Dias de Hitler (Der Untergang)

Imagem

Traudl Junge (Alexandra Maria Lara), secretária particular de Hitler, narra os últimos dias do líder alemão que estava confinado em uma espécie de quarto de segurança máximas. O Filme foi indicado os Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

 

1 – Império do Sol (Empire Of The Sun)

Imagem

Relata a história de um garoto inglês de onze 11 anos de idade, Jim Graham (Christian Bale) que vive na cidade de Xangai. Com a invasão da China pelo Japão em meio a Segunda Guerra, ele se separa de sua família e acaba indo parar em um campo de concentração onde se vê obrigado a fazer de tudo para sobreviver. O filme teve 6 indicações ao Oscar.

A História e o Cinema são fascinantes, e quando os dois caminham juntos, resta a nós aproveitar e apreciar. Muitos outros filmes tratam essa parte importante da História Mundial, se o seu preferido ficou de fora, diga pra gente nos comentários. Até a próxima! 

 

por Andressa Oliveira

Casal anuncia casamento usando pôsteres de filmes e séries

Joshua Watson e Rachel van der Merwe é um casal feliz e apaixonado que decidiu oficializar a união com um casamento. Eles poderiam ter escolhido um convite de casamento original, mas decidiram ser ainda mais criativos e foram além: fizeram pôsteres de seus filmes e séries favoritos para anunciar a união à família e aos amigos.                                                                                               No lugar das personagens originais, é claro, os dois colocaram suas próprias fotos. Cada pôster está relacionado a uma etapa do relacionamento.

Confira o resultado:

ImageImageImageImageImageImageImage