Parabéns ao Mestre: Ingmar Bergman

Hoje seria o aniversário de 95 de Ingmar Bergman, um dos diretores mais influentes da história do cinema. Que tal uma pequena homenagem?

Parabéns ao Mestre: Ingmar Bergman

Imagem

Ernst Ingmar Bergman nasceu no dia 14 de Julho de 1018 em Uppsala, na Suécia, filho de -acredite- um pastor e uma enfermeira. Começou a escrever em 1941, e logo teve sua primeira peça produzida, ‘Kaspers död’ (‘Kaspers Death’, ou seja, “A Morte de Kaspers”). Não demorou muito para invadir o cinema e trazer ao público mais de 60 filmes, além de documentários e especiais para televisão.

Suas grandes influências vieram do teatro e seus filmes são famosos pelos temas existencialistas, como fé religiosa, moralidade, mortalidade, solidão, tristeza, agonia, e por ai vai. Ele soube expressar muito bem suas ideologias através de sua filmagem e técnicas, entre elas as mais usadas são longos closes faciais e discussões intensas entre personagens, que muitas vezes sequer se olhavam – filmes como “O Sétimo Selo”, “Morangos Silvestres” e “Persona”, que acabaram sendo suas obras mais famosas, são os que melhor retratam sua ideologia.

Imagem

Falando em personagens, uma outra marca registrada do diretor é o uso dos mesmos atores: As belas Ingrid Thulin, Liv Ullmann e Bibi Anderson e o sempre adorado Max Von Sydow, sem contar seu maior colaborador Gunnar Björnstrand, com quem fez mais de 23 filmes.

“… Não quero fazer apenas filmes intelectuais. Quero que a audiência sinta meus filmes. Para mim, é mais importante do que procurar entende-los”

Em seus últimos anos de vida, parou de dirigir filmes, mas continuou escrevendo roteiros, principalmente para televisão, dirigindo apenas peças para o Teatro Swedish Royal Dramatic. Bergman se casou 5 vezes, teve 9 filhos e mais de 70 projetos, incluindo filmes, documentários e especiais para televisão.

Imagem

Foi em 30 de Julho de 2007 que o diretor morreu, deixando um dos legados mais invejados da história do cinema.

Como diria Woody Allen: [Bergman é]”provavelmente o maior artista dos filmes, desde a invenção da imagem em movimento”.

Por: Roberto Honorato

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s