Amor de Pai

Sempre ouvimos a expressão ‘amor de mãe’, mas… E o amor de pai? Eles podem não ter nos esperado dentro de suas barrigas por nove meses, nos levando pra todos os cantos, com pés inchados, hormônios à flor da pele e todas essas coisas, mas eles (pelo menos uma grande parte) estavam lá do lado de nossas mães, se virando pra realizar os desejos delas, fazendo massagens, levando ao médico, fazendo dengo e tendo muuuita paciência. E tudo por quê? Porque antes mesmo de nascermos, o amor já existia e eles já se sacrificavam por nós. Amor de pai, sabe?

O amor paterno se manifesta de várias maneiras diferentes, assim como o materno. Tem aquele pai crianção, mas mesmo com toda a imaturidade ama seu filho, como Sonny (Adam Sandler em O Paizão) e Tino (Leandro Hassum Até Que a Sorte Nos Separe). Fazem um bocado de bobagem, são engraçados, agem como crianças às vezes, mas fazem tudo para proteger os seus, mesmo que pra isso façam mais bobagens.

daddy

Claro que também tem aqueles pais durões, assim como Mr. O’Brien (Brad Pitt em A Árvore da Vida), que agem como verdadeiros militares dentro de casa, exigindo postura e respostas polidas, o que às vezes é ruim, pois a agressividade acaba se tornando presente e outros sentimentos aparecem, mas isso nada mais é do que outra forma de amor.

mrobrien

Pais que se sacrificam todos os dias para tentar dar um futuro melhor ao rebento, como Chris Gardner (Will Smith em À Procura da Felicidade), que tentam ensinar aos filhos o melhor que podem, que sonhar é importante, que amar  vale uma vida toda.

happiness

“Nunca deixe alguém dizer que você não pode fazer algo.”

Tem aqueles que colocam a honra acima de tudo, mostrando aos filhos que uma vida vil, desonrada, mesmo que cheia de fortunas, não vale de nada, pelo menos não em longo prazo. Ensinam que o medo é algo que todos sentem e só os tolos não assumem; fazem tudo por suas famílias, tudo. Um nome limpo, uma alma limpa; homens que sabem cumprir seus deveres e exigir seus direitos, mesmo que isso lhes custe caro, como Lorde Eddard Stark (Sean Bean em Game of Thrones)

aryaa

Tem o pai que vence todas as barreiras pelos filhos, mesmo que isso ponha em risco sua própria vida, como Marlin de Procurando o Nemo e aquele pai que dá a vida por seu filho, como por Mufasa em O Rei Leão.

nemoo

E quem nunca passou por momentos embaraços né? Sempre tem aquele pai inconveniente que chega nas piores situações possíveis, que ligam no momento errado e a lista segue. Jim (Jason Biggs em American Pie) bem sabe como é.

piepie

Nos dias de hoje, os conhecidos “pãe” (pai + mãe) estão cada vez mais em maior número. Fazem papel de mãe, de pai; fazem a comida, dão banho, educam, ensina os paranauê… Um trabalho difícil criar um filho, mas alguns levam bem a sério isso, como Arnold Schwarzenegger em Junior (cláááaassico de sessão da tarde).

arnold

Por fim, escolhi o pai improvável, imoral, preguiçoso, comilão, fanfarrão, idiota, mas… Que no fundo, eu disse no fundo, ama seus filhos, mesmo com esse jeito fuck the kids pouco meigo. Aquele que pode ser um abestalhado, mas tem amor e cuida de quem ama. Do jeito dele, mas cuida. 

Agora corram e vão abraçar seus pais, digam o quanto vocês os amam e o quanto eles são vitais em suas vidas. Aposto que isso valerá mais do que qualquer presente que vocês possam comprar.

homer

“Oh, eu tenho três crianças e nenhum dinheiro! Por que eu não posso ter nenhuma criança e três ‘dinheiros’?”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s